25.11.08

Da (in)utilidade da Filosofia

"Para que pode servir a filosofia contemporânea?
Para viver juntos da melhor maneira: no debate racional, sem o qual não existe democracia, na amizade, sem a qual não existe felicidade, finalmente na aceitação, sem a qual não existe serenidade. Como escreveu Marcel Conche a propósito de Epicuro, "trata-se de conquistar a paz (pax, ataraxia) e a philia, ou seja, a amizade consigo próprio e a amizade com o outro." Eu acrescentaria: e com a Cidade, o que é política, e com o mundo - que contém o eu, o outro, a Cidade... - o que é sabedoria. Dir-se-á que isso não é novo... A Filosofia nunca o é. A Sabedoria é-o sempre."

André Comte-Sponville
(in Preâmbulo do Programa de Filosofia)

1 comentário:

Vaquinha disse...

'Para que serve a filosofia?...'
Pergunta tantas vezes feita e refeita por estudantes, como eu, que por vezes se perdem neste vasto conceito. Para que serve a filosofia afinal? Ainda estou na fase da descoberta, mas já comecei a desvendar um pouco da resposta: a auto-reflexão a que nos submete é uma grande mais-valia que esta disciplina nos dá! Será que todos concordam?